Postagens

Versículo da semana:

VERSÍCULO DA SEMANA:
"E por que me chamais: Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu vos digo?" (Lucas 6:46)


Frase do momento

Frase do momento:

"Não é minha intenção atacar o denominacionalismo do cristianismo como errôneo. Eu somente quero dizer que para que o corpo de Cristo encontre uma efetiva expressão local, a base de comunhão deve ser verdadeira. E esta base é a relação de vida dos membros com o Seu Senhor e a sua desejosa submissão a Ele como o Cabeça. Tampouco estou pleiteando por aqueles que irão fazer uma seita carnal daquilo que poderia chamar de 'localismo', isto é, a estrita demarcação de igrejas por localidades. Porque tal pode ocorrer facilmente. Se o que estivermos fazendo hoje em vida se tornar amanhã um mero método, tal que seu próprio caráter alguns dos Seus forem excluídos, possa o Senhor ter misericórdia de nós e quebrar tudo!" (A Vida Normal da Igreja Cristã, capítulo 4. Grifo nosso)

Quem Somos Nós

Este site (blog) foi desenvolvido ha dois anos por mim, Alex Brito, 47 anos, casado, pai de dois filhos de 17 e 23 anos e de uma filhinha de 9 meses (em 2017). Atualmente sou o principal autor e editor do mesmo. Temporariamente desenvolvo atividades como psicólogo, odontólogo e professor universitário. Eternamente sou servo, amigo, discípulo, e irmão do nosso Senhor Jesus Cristo.

O site tem por objetivo
  • Reunir textos de irmãos piedosos compelidos pelo Senhor (como em Ezequiel 8) a olhar, cavar e trazer para a luz tudo o que estiver sendo feito em oculto em Sua casa. 
  • Textos de irmãos cujo coração arde pela defesa do Evangelho, lutando contra tudo (e todo) que sustentar o nicolaísmo, promover as doutrinas de Balaão e tolerar a idolatria imposta por Jezabel (Fp 1:15-18, Ap 2:6, 12-15, 20). 

Por favor, não confundir:

Nós nos posicionamos e lutamos contra o sistema religioso e suas organizações e não contra o organismo vivo do Corpo de Cristo, a igreja. Todavia, os dois podem estar tão intimamente unidos e misturados que muitos julgarão estarmos atacando o organismo ao invés da organização. Que o Senhor Jesus nos cubra com Seu precioso sangue e nos livre de tão grande pecado.


Tentaremos, pois, pelas misericórdias do Senhor Jesus, permanecer vivos, puros, íntegros e fiéis à Deus. Rogamos ao Pai para que seu filhos escutem cada vez mais atentamente o que o Espírito quer dizer ás igrejas e sejam  libertos em nome de Jesus. Pois, se o Filho nos libertar, VERDADEIRAMENTE seremos livres. (João 8:36)


Estamos em constante oração por isso. Jesus é o nosso Senhor!

Facebook