Postagens

Versículo da semana:

VERSÍCULO DA SEMANA:
"E por que me chamais: Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu vos digo?" (Lucas 6:46)


Frase do momento

Frase do momento:

"Não é minha intenção atacar o denominacionalismo do cristianismo como errôneo. Eu somente quero dizer que para que o corpo de Cristo encontre uma efetiva expressão local, a base de comunhão deve ser verdadeira. E esta base é a relação de vida dos membros com o Seu Senhor e a sua desejosa submissão a Ele como o Cabeça. Tampouco estou pleiteando por aqueles que irão fazer uma seita carnal daquilo que poderia chamar de 'localismo', isto é, a estrita demarcação de igrejas por localidades. Porque tal pode ocorrer facilmente. Se o que estivermos fazendo hoje em vida se tornar amanhã um mero método, tal que seu próprio caráter alguns dos Seus forem excluídos, possa o Senhor ter misericórdia de nós e quebrar tudo!" (A Vida Normal da Igreja Cristã, capítulo 4. Grifo nosso)

18 de mar de 2011

VIRGENS PRUDENTES NÃO COMPRAM O QUE É DE GAÇA

palavra "GRATUITO" ou "DE GRAÇA" é usada em pontos cruciais na Palavra de Deus:
Precisamos compreender que, pela Graça que está em Cristo Jesus, Deus nos deu tudo de graça (1Co 2:12):
- A justificação (Rm 3:24),
- A vida eterna (Rm 6:23),
- As promessas (Gl 3:18),
- O beber da água da vida (Ap 22:17)
- e até mesmo beber da própria fonte da água da vida (Ap 21:6), dentre outras coisas.


Quando estamos no nosso Amado Senhor Jesus desfrutamos, gratuitamente, todas essas coisas (Ef 1:6).








Por isso, percebemos que a crescente prática do comércio no meio cristão é muito preocupante. As indulgências modernas (ou simonia, em homenagem a Simão, o mágico de Atos 8) estão cada vez mais sutis e dissimuladas, todas porém, usam o mesmo mecanismo:
Criam idéias, campanhas e projetos nos quais são despertados conceitos de oportunidades e benefícios espirituais individuais ou coletivos que são utilizados como base para promover, justificar e fortalecer praticas estranhas (o comércio) que contrariam a Palavra de Deus e o ensinamento dos apóstolos.
.
Leiamos com atenção essa preciosa passagem:
"Então o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do noivo. Cinco delas eram insensatas, e cinco prudentes. Ora, as insensatas, tomando as lâmpadas, não levaram azeite consigo. As prudentes, porém, levaram azeite em suas vasilhas, juntamente com as lâmpadas. E tardando o noivo, cochilaram todas, e dormiram. Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro! Então todas aquelas virgens se levantaram, e prepararam as suas lâmpadas. E as insensatas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas estão se apagando. Mas as prudentes responderam: não; pois de certo não chegaria para nós e para vós; IDE ANTES AOS QUE VENDEM E COMPRAI-O PARA VÓS. E, TENDO ELAS IDO COMPRÁ-LO, chegou o noivo; e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta. Depois vieram também as outras virgens, e disseram: Senhor, Senhor, abre-nos a porta. Ele, porém, respondeu: Em verdade vos digo, não vos conheço. Vigiai pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora." (Mt 25:1-13)


VIRGEM NÉSCIA COMPRA O QUE É DE GRAÇA
Na conhecida passagem de Mateus 25, aprendemos que o azeite e a vasilha simbolizam, respectivamente, o Espírito (azeite) preenchendo em nossa alma (vasilha). Ora, o Espírito Santo é distribuído generosa e gratuitamente pelo Senhor e não pode ser vendido nunca. As virgens néscias não acharam estranho a sugestão de suas colegas de irem comprar azeite (Espírito), pois mercadejar coisas espirituais provavelmente era um conceito normal para elas. Isso pode ser um dos motivos de suas vasilhas estarem vazias. 

Todo dom (cura, profecia, línguas, governos, operação de milagres etc) distribuído por Deus é gratuito, sua comercialização é iniquidade aos Seus olhos e uma ofensa à Sua pessoa.
"Ora, estava ali certo homem chamado Simão, que vinha exercendo naquela cidade a arte mágica, fazendo pasmar o povo da Samária, e dizendo ser ele uma grande personagem; ao qual todos atendiam, desde o menor até o maior, dizendo: Este é o Poder de Deus que se chama Grande. Eles o atendiam porque já desde muito tempo os vinha fazendo pasmar com suas artes mágicas. Mas, quando creram em Filipe, que lhes pregava acerca do reino de Deus e do nome de Jesus, batizavam-se homens e mulheres. E creu até o próprio Simão e, sendo batizado, ficou de contínuo com Filipe; e admirava-se, vendo os sinais e os grandes milagres que se faziam. Os apóstolos, pois, que estavam em Jerusalém, tendo ouvido que os da Samária haviam recebido a palavra de Deus, enviaram-lhes Pedro e João; os quais, tendo descido, oraram por eles, para que recebessem o Espírito Santo. Porque sobre nenhum deles havia ele descido ainda; mas somente tinham sido batizados em nome do Senhor Jesus. Então lhes impuseram as mãos, e eles receberam o Espírito Santo. Quando Simão viu que pela imposição das mãos dos apóstolos se dava o Espírito Santo, ofereceu-lhes dinheiro, dizendo: Dai-me também a mim esse poder, para que aquele sobre quem eu impuser as mãos, receba o Espírito Santo. Mas disse-lhe Pedro: Vá tua prata contigo à perdição, pois cuidaste adquirir com dinheiro o dom de Deus. Tu não tens parte nem sorte neste ministério, porque o teu coração não é reto diante de Deus. Arrepende-te, pois, dessa tua maldade, e roga ao Senhor para que porventura te seja perdoado o pensamento do teu coração; pois vejo que estás em fel de amargura, e em laços de iniquidade." (At 8:9-23).

Por que há ainda tanto comércio nas igrejas?
Por que nosso coração corrupto nos leva a negociar, somos negociantes natos. A passagem abaixo pode trazer alguma luz::
"Outrossim, o reino dos céus é semelhante a um negociante que buscava boas pérolas; e encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e a comprou." (Mateus 13:45-46)
Continuaremos negociando quando ainda possuirmos boas pérolas (qualquer coisa ou pessoa que não seja Cristo).. Todavia, uma vez que o negociante adquire a pérola de grande valor (o Senhor) e percebe a preciosidade da Sua maravilhosa pessoa, as negociações param, pois o amor ao Senhor o leva a vender tudo que tem. O negociante já não possui mais nada, só Cristo e Ele é inegociável 
Paulo experimentou isso: “(...) como nada tendo, mas possuindo tudo”. (2Co 6:10)

Por isso devemos também pregar o evangelho GRATUITAMENTE! 
"Logo, qual é a minha recompensa? É que, pregando o evangelho, eu o faça gratuitamente, para não usar em absoluto do meu direito no evangelho.' (1Co 9:18)
"Pequei porventura, humilhando-me a mim mesmo, para que vós fôsseis exaltados, porque de graça vos anunciei o evangelho de Deus" (2Co 11:7)

Deus não nos deixou nenhuma dúvida::
"Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai." (Mateus 10:8)
Jesus é o Senhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário:

Facebook