Postagens

Versículo da semana:

VERSÍCULO DA SEMANA:
"E por que me chamais: Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu vos digo?" (Lucas 6:46)


Frase do momento

Frase do momento:

"Não é minha intenção atacar o denominacionalismo do cristianismo como errôneo. Eu somente quero dizer que para que o corpo de Cristo encontre uma efetiva expressão local, a base de comunhão deve ser verdadeira. E esta base é a relação de vida dos membros com o Seu Senhor e a sua desejosa submissão a Ele como o Cabeça. Tampouco estou pleiteando por aqueles que irão fazer uma seita carnal daquilo que poderia chamar de 'localismo', isto é, a estrita demarcação de igrejas por localidades. Porque tal pode ocorrer facilmente. Se o que estivermos fazendo hoje em vida se tornar amanhã um mero método, tal que seu próprio caráter alguns dos Seus forem excluídos, possa o Senhor ter misericórdia de nós e quebrar tudo!" (A Vida Normal da Igreja Cristã, capítulo 4. Grifo nosso)

28 de jun de 2011

ANTIPAS FORUM



Novo serviço disponível no Antipas. 
Para acessar clique no link que aparece na parte superior esquerda da tela ou vá até o final da página.

Este fórum é para troca de informações para que sejamos mutuamente admoestados e alertados contra as heresias, desvios e sutilezas do sistema religioso. Nosso objetivo é promover a edificação e a restauração da igreja em Deus Pai e no nosso Senhor Jesus Cristo. Todavia, para edificar ou restaurar precisamos discernir espiritualmente que materiais estamos usando. Tudo o que foi edificado com madeira, feno e palha deve ser derrubado e queimado para que o Senhor edifique com Ele mesmo, o nosso material mais precioso.
Que o Senhor nos guie nesta empreitada.

7 comentários:

  1. Amém amados!

    Obrigado irmãos por ouvirem a sugestão dada. Assim, prossigamos "para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus". Fl. 3:14.

    Amém!!!

    ResponderExcluir
  2. As igrejas levantadas através do ministério do irmão Dong encontram-se hoje isoladas do restante das igrejas locais da terra. Tal isolamento é fruto de várias decisões errôneas tomadas no passado por esse irmão na condução da obra na América do Sul. Posso lembrar que quando fui contatado em uma denominação para me posicionar pela unidade e testemunho da igreja, na restauração do Senhor. Nessa época, no ano 2000, a obra do irmão Dong ainda estava em comunhão com as demais igrejas do globo. Já havia transcorrido três anos da morte do ministro da era, no entanto, a palavra transmitida ou liberada nas conferências internacionais na Estância Árvore da Vida era a mesma que era primeiramente liberada em Anahein, claro, com a adição do “tempero” do irmão Dong. Em razão dessa prática, podemos atestar que grande parte das igrejas na América do Sul foi levantada conforme o ministério e a visão da era que fora revelada por Cristo aos ministros Nee e Lee. Em meados de 2005, no ápice da crise travada entre os irmãos cooperadores e o irmão Dong, relacionada à divergência em como levar a cabo a obra, incluindo a questão das publicações e editoras, a dissensão ocorreu, que culminou com a divisão e isolamento das igrejas lideradas (leia-se assenhoradas) pelo irmão Dong. É importante lembrar que a Editora Árvore da Vida foi fundada com a nobre missão de levara a cabo o ministério da era, isto é, traduzir e publicar as obras dos irmãos Nee e Lee . Com o tempo, o irmão Dong passou a valorizar mais o seu próprio ministério e obra do que o ministério da era. Como resultado, as traduções e publicações das obras dos ministros da era foram relegadas a um segundo plano. Prova disso foi o escandaloso atraso na tradução da versão restauração do novo testamento. Hoje, o que vemos são somente publicações de livros de autoria do irmão Dong, até porque, os irmãos cooperadores que ficaram incumbidos de preservar e difundir o legado do ministério da era, ao perceberem que o irmão Dong usava todo esse material para se promover e promover a sua própria obra particular, decidiram então desautorizar as publicações de autoria dos ministros da era. Cabe aqui frisar que a obra escrita do irmão Dong é, em sua grande maioria, plágio daquilo que os ministros da era produziram. Quase não há revelação nova. Naquilo que o irmão Dong se propõe a inovar, observa-se como resultado somente o erro e confusão. Eu poderia relacionar uma série de equivocos cometidos pelo citado irmão na tentativa de se equiparar aos ministros da era no tocante a apresentação de novas revelações, mas me abstenho nesta oportunidade. Talvez possa postar algo no futuro somente a esse respeito. Atualmente, todo “projeto” ou “encargo” difundido nas igrejas assenhoradas pelo irmão Dong relacionam-se com a vendagem de seus livros plagiados. Isto poderia ser bom e justo se fosse para edificação do corpo de Cristo na base da unidade e da justiça. Contudo, por ser em uma base divisiva, exclusivista, particular, o resultado dessa obra não pode ser outro senão obra de iniquidade. Alguns o vêem como apóstolo. Eu prefiro me firmar na máxima bíblica que é pelo fruto que se conhece a árvore. Se o fruto do seu ministério da palavra é uma obra divisiva, esse apóstolo é falso apóstolo. Que o Senhor tenha misericórdia das igrejas da América do Sul.

    ResponderExcluir
  3. O comentário acima é muito bem esclarecido irmao!! parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Alberto Fraga - SC12 de julho de 2011 16:46

    Ehh... Antipas você deve ter levado algum tumé desse povo pra ta falando tanto assim. Devem ter te deixado fora de algum esquema pra tu ficar mordido dessa maneira.

    ResponderExcluir
  5. Realmente o irmão resumiu muito bem o que aconteceu com a obra na América do Sul.

    ResponderExcluir
  6. É pois fomos enganados, trapaceados, esse tempo todo, me arrependo grandemente de não ter saído antes do Ministério DYL, pois a Restauração foi usurpado por autoridade humana, leiam os livros do irmão Nee, Palestras adicionais sobre a vida da Igreja, e vejam como o desvio desse ministério está claríssimo.

    ResponderExcluir
  7. tu tá murdido né antipas

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário:

Facebook