Postagens

Versículo da semana:

VERSÍCULO DA SEMANA:
"E por que me chamais: Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu vos digo?" (Lucas 6:46)


Frase do momento

Frase do momento:

"Não é minha intenção atacar o denominacionalismo do cristianismo como errôneo. Eu somente quero dizer que para que o corpo de Cristo encontre uma efetiva expressão local, a base de comunhão deve ser verdadeira. E esta base é a relação de vida dos membros com o Seu Senhor e a sua desejosa submissão a Ele como o Cabeça. Tampouco estou pleiteando por aqueles que irão fazer uma seita carnal daquilo que poderia chamar de 'localismo', isto é, a estrita demarcação de igrejas por localidades. Porque tal pode ocorrer facilmente. Se o que estivermos fazendo hoje em vida se tornar amanhã um mero método, tal que seu próprio caráter alguns dos Seus forem excluídos, possa o Senhor ter misericórdia de nós e quebrar tudo!" (A Vida Normal da Igreja Cristã, capítulo 4. Grifo nosso)

12 de nov de 2011

Bebendo leite com kafé (parte 4) - Tiatira: O mundanismo e a apostasia na igreja

"Deixando, pois, toda a malícia, todo o engano, e fingimentos, e invejas, e toda a maledicência, desejai como meninos recém-nascidos, o puro leite espiritual, a fim de por ele crescerdes para a salvação, se é que já provastes que o Senhor é bom;" (1Pedro 2:1-3);"


Como está o nosso coração? Os estudos sobre as sete igrejas do Apocalipse mostram não apenas as condições das igrejas, mas sobremodo a condição dos nossos corações. Podemos pensar estar nos reunindo como Filadélfia, mas nosso coração pode estar em qualquer uma das outras igrejas. Tudo isso pode estar bem escondido dentro de nós. Com o intuito de alargar a nossa visão e compreensão deste tão importante assunto, retiramos dos textos originais de W. Lee as passagens que nos faziam crer que a situação se aplicava apenas a algum grupo cristão específico. Também acrescentamos [entre colchetes] trechos que ajustam o texto ao contexto da atual situação do sistema religioso mundano que sutilmente se infiltra nas igrejas, levando-as a apostasia.


A IGREJA EM TIATIRA – A AUTORIDADE E A ESTRELA DA MANHÃ
Nesta mensagem, chegamos à Quarta igreja, a igreja em Tiatira ( 2:18-19), a igreja em [mundanismo e] apostasia 1 e apostasia 2. Tiatira em grego significa “sacrifício de perfume’ ou “sacrifício incessante”. Essa igreja apóstata está cheia de sacrifícios, fato evidenciado pelas suas reuniões, [conferências e congressos] incessantes.

O FERMENTO
Quando estava no cristianismo, nunca ouvi uma mensagem dizendo-me como comer Cristo. No entanto, o ponto crucial na palavra Santa é que Cristo é o nosso suprimento de vida e que nós precisamos comê-Lo (Jo 6:57). Em Mateus 13:33, o Senhor mostrou que Ele era a flor de farinha nesse versículo, refere-se à oferta de manjares, Cristo em Sua humanidade é a flor de farinha para o nosso alimento. Em Mateus 13, o Senhor Jesus predisse que uma mulher má adicionaria fermento a essa flor de farinha. Isso é exatamente o que faz a igreja apóstata, tomando o fermento pagão [e mundano] e adicionando-o à flor de farinha de Cristo para formar uma mistura maligna. Nisso a igreja apóstata é muito maligna e sutil.
Alguns na igreja apóstata dirão: “Você pensa que não temos algo real? Você pensa que não temos Deus, Cristo e a Bíblia? “Sim, eles têm, mas não é puro, é uma mistura. A igreja apóstata tem a flor de farinha, mas dentro da farinha há o fermento. 
O QUE FALA
1 – O Filho de Deus
O versículo 18 diz: “Estas coisas diz o Filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo, e os pés semelhantes ao bronze polido.' Aqui, o Senhor, protestando contra a apostasia da igreja diz que Ele é o filho de Deus.

2 - Aquele que Tem Olhos como Chama de Fogo,
e Cujos Pés São Semelhantes ao Bronze Polido
Ao tratar a igreja mundana, a igreja em Pérgamo, o Senhor referiu-se a Si mesmo como Aquele que tem a espada afiada de dois gumes. Ao tratar esta igreja apóstata, a igreja em Tiatira, Ele se refere a Si mesmo como Aquele que tem “olhos como chama de fogo, e os pés semelhantes ao bronze polido. A igreja mundana requer o tratamento da Sua palavra contundente e aniquiladora, e ao passo que a igreja apóstata precisa do julgamento de Seus olhos perscrutadores e de Seus pés esmagadores. Os olhos do Senhor perscrutam as partes interiores e o coração, e os Seus pés julgam e retribuem a todos segundo as suas obras ( 2:23).
[O caráter do livro de Apocalipse é justo, do início ao fim manifesta a justiça de Deus. Não é fácil encontrar nele a graça de Deus; mesmo com a Igreja, ele revela a estreita disciplina do Senhor. É, de fato, um livro de julgamento. Nele nós vemos como Deus julga a sua Igreja, os Judeus, e as nações. Ele revela o Senhor Jesus e manifesta o seu julgamento A Igreja tem falhado, então o Senhor só pode recorrer ao julgamento. O registro dos capítulos 2 e 3 é a sombra do iminente julgamento de Cristo (2 Cor. 5.10). As pessoas gostam de ouvir sobre o amor de Deus. O Deus ideal para o homem é aquele que nunca fica irado e nem nunca julga. No entanto, esse livro fala da justiça de Deus resultando na Sua ira e no seu julgamento].

AS VIRTUDES DA IGREJA
No versículo 19, o Senhor diz; “Conheço as tuas obras, o teu amor, a tua fé, o teu serviço a tua perseverança e as tuas últimas obras, mais numerosas do que as primeiras.” A “igreja” apóstata tem muitas obras e serviços. Mais são as sua obras nos últimos dias do que no passado.

A MULHER JEZABEL
Um dos pontos cruciais da epístola à igreja em Tiatira refere-se à mulher Jezabel. O Senhor refere-se a ela no versículo 20, onde Ele diz: “Tenho, porém, contra ti o tolerares que essa mulher, Jezabel, que a si mesma se declara profetisa, não somente ensine, mas ainda seduza os meus servos a praticarem a prostituição e a comerem cousas sacrificadas aos ídolos.” Como veremos, a mulher aqui é a mesma mulher profetizada pelo Senhor em Mateus 13:33, que adicionou fermento (simbolizando coisas malignas, heréticas e pagãs) à flor de farinha (simbolizando Cristo como a oferta de manjares para a satisfação de Deus e do homem). Essa mulher também é a grande prostituta de Apocalipse 17, que mistura abominações com as coisas divinas. A mulher pagã de Acabe, Jezabel, foi um tipo dessa igreja apóstata. A igreja apóstata está cheia de todo tipo de fornicação e idolatria, tanto espiritual como física.

1 - Declarando-se Profetiza
Aqui o Senhor mostra que a igreja apóstata é uma profetisa auto designada. Um profeta é alguém que fala por Deus com a autorização de Deus. A Igreja apóstata pressupõe-se autorizada por Deus a falar por Ele. Ela exige que as pessoas a ouçam em vez de ouvirem a Deus.

2 - Ensina e Leva os Servos do Senhor a Praticar Fornicação
e a Comer Coisas Sacrificadas aos Ídolos
A igreja em Pérgamo tinha os ensinamentos de Balaão e dos nicolaítas, os quais continuaram nessa igreja apóstata. Além disso, a própria Igreja degradada tem ensinamentos, levando o seu povo a ouvir antes a ela do que à Santa Palavra de Deus. Seus adeptos estão todos drogados por seu ensinamento herético e religiosos, não se importando com Cristo como sua vida e seu suprimento de vida, como é indicado pela árvore da vida e pelo maná escondido, prometidos pelo Senhor às igrejas em Éfeso e em Pérgamo (2:7,17).
Mateus 13:33 diz: “disse-lhes outra parábola: O reino dos céus é semelhante ao fermento que uma mulher tomou e escondeu em três medidas de farinha, até ficar tudo levedado.” Os bons mestres da Bíblia concordam que a Jezabel em Apocalipse 2 se torna a grande prostitua que é chamada de a grande Babilônia em Apocalipse 17. Se ela não é a prostituta, quem então é ela?
A Jezabel no Velho Testamento era uma prefiguração da “mulher Jezabel’ em Apocalipse 2 . Quando o Senhor falou à igreja em Tiatira, ele disse que havia uma Jezabel atual. De acordo com a história essa Jezabel atual, sem dúvida, é a igreja apóstata. Ao usar o nome Jezabel, o Senhor estava nos lembrando do que Jezabel, a mulher de Acabe, fez: ela veio de um ambiente pagão e introduziu coisas pagãs na adoração a Deus por Seu povo. Esse é o ponto crucial e mais central na epístola a Tiatira. O princípio dos feitos da igreja apóstata é misturar as coisas impuras, pagãs, com a adoração a Deus por seu povo. Ela ajuda o povo de Deus a orarem-No, mas não faz isso à maneira de Deus; ela o faz à sua própria maneira, pagã e impura, [criando, por exemplo, centros de entretenimento e misturando-os com locais de oração]. Desde que a igreja apóstata começou, ela vem absorvendo o paganismo [e o mundanismo]. Aonde quer que vá, ela assimila as coisas relacionadas com a adoração de ídolos.
Desde o princípio da Bíblia, a intenção de Deus foi alimentar o Seu povo com o suprimento de vida. Assim, no jardim havia a árvore da vida como o suprimento de vida. Após a queda do homem, Deus, em Sua redenção, não desistiu desse intento de alimentar o Seu povo. Quando Ele instituiu a Páscoa, mandou Seu povo aspergir o sangue do Cordeiro nas ombreiras da porta e, sob a cobertura do sangue, comer a carne do cordeiro. Depois de os filhos de Israel terem sido libertados do Egito e estar viajando pelo deserto, Deus deu-lhes o maná celestial como seu suprimento de vida (Êx 16:14-15). Por fim, os filhos de Israel entraram na boa terra de Canaã. No dia em que entraram na boa terra, o maná cessou e começaram a comer o rico produto da terra (J/s 5:12).
O Novo Testamento confirma que todos esses são tipos de Cristo, não apenas como nosso Redentor, mas também como nosso suprimento de vida. Como o Cordeiro, Cristo tem dois elementos – o sangue para a redenção e a carne para alimento. Em João 6, o Senhor Jesus revelou que Ele é o maná celestial, do qual o povo de Deus pode se alimentar. Sabemos que o rico produto da terra representa as riquezas de Cristo. Cristo não é somente o nosso Cordeiro e o nosso maná; ele é também a nossa boa terra. Como o Cordeiro, Ele tem a carne, e como a boa terra, Ele tem todas as riquezas para o nosso suprimento de vida. No Velho Testamento havia também as ofertas, que vinham do produto da boa terra. Entre as cinco principais ofertas, a segunda era a oferta de manjares, que era para alimentar o povo de Deus. Todos os sacerdotes que serviam , alimentavam-se da oferta de manjares. Isso significa que Cristo é o suprimento de vida para os sacerdotes de Deus. Todos os servos de Deus devem alimentar-se de Cristo.
Embora isso esteja claro na Palavra Santa, a maioria dos cristãos não se tem dado conta disso. Quando estava no cristianismo, nunca ouvi uma mensagem dizendo-me como comer Cristo. No entanto, o ponto crucial na palavra Santa é que Cristo é o nosso suprimento de vida e que nós precisamos comê-Lo (Jo 6:57). Em Mateus 13:33, o Senhor mostrou que Ele era a flor de farinha nesse versículo, refere-se à oferta de manjares, Cristo em Sua humanidade é a flor de farinha para o nosso alimento. Em Mateus 13, o Senhor Jesus predisse que uma mulher má adicionaria fermento a essa flor de farinha. Isso é exatamente o que faz a igreja apóstata, tomando o fermento pagão [e mundano] e adicionando-o à flor de farinha de Cristo para formar uma mistura maligna. Nisso a igreja apóstata é muito maligna e sutil.
Alguns na igreja apóstata dirão: “Você pensa que não temos algo real? Você pensa que não temos Deus, Cristo e a Bíblia? “Sim, eles têm, mas não é puro, é uma mistura. A igreja apóstata tem a flor de farinha, mas dentro da farinha há o fermento. [Quando estava numa cidade, visitei um grupo cristão. Na entrada havia uma cafeteria. Notando que os bancos estavam mais gastos que os bancos se encontravam interior do local de reuniões, perguntei às pessoas o que havia acontecido. Elas disseram que todos que iam ao local, sentavam-se na cafeteria antes, durante e após as reuniões e que, ao longo dos anos, isso havia gasto os bancos. Quando lhes perguntei porque precisavam de tal cafeteria, disseram: “A cafeteria vende livros que ajudam a entender a Bíblia, se as pessoas não têm os livros elas não podem compreender o que você está dizendo quando fala sobre a Bíblia. Elas precisam de algo sólido e objetivo para fortalecer a sua fé e e terem mais compreensão”. Essa é a justificação deles para terem cafeterias e livrarias nos locais de reunião. Que sutileza! Aquilo não é fé, é um ídolo. Aparentemente eles buscam a fé; na verdade adoram uma imagem, uma marca chamada Bookafé]. Essa é a sutileza do inimigo. Agora podemos ver o mal da igreja apóstata – ela absorve as coisas pagãs e as adiciona à flor de farinha. Quão maligno é isso!
Devido a essa mistura maligna, há muita adoração idólatra na igreja apóstata. O Senhor disse que Jezabel ensina as pessoas a praticar fornicação e a comer coisas sacrificadas a ídolos. Jezabel ensina o seu povo a adorar a ídolos. Na Igreja degradada é ensinada a adoração a ídolos. Na Igreja vi muitas pessoas comprando [CDs, DVDs, livros, camisetas no balcão e colocado-as em suas estantes sem mesmo ler ou ouvir]. Onde quer que haja idolatria, também há fornicação. Jezabel não introduziu apenas o paganismo e a idolatria, mas também a fornicação. Isso é abominável e não podemos tolerá-lo. Não é uma questão de debate doutrinário, é uma questão de idolatria e fornicação.
Em 1937, quando estava viajando no norte da China, um caso de possessão demoníaca foi levado ao meu conhecimento. Certa irmã cristã tornou-se possuída. Quando me perguntaram sobre a razão disso, disse que em princípio, tanto o pecado como algum ídolo ou imagens na casa dela poderiam dar uma base para o demônio possuí-la. Foi-me dito que não havia ídolos ou imagens em sua casa. Contudo, o demônio voltou várias vezes para perturbá-la. Disse-lhe que uma vez que ela não estava envolvida em nada pecaminoso, devia haver algum tipo de ídolo ou imagem em sua casa e que deveria examiná-la minuciosamente. Por fim, vim a saber que numa parede havia uma figura de “Jesus” e disse-lhe para queimá-la. Desde o momento que ela queimou aquela figura, o demônio partiu. Nisso vemos a sutileza do inimigo.

3 - Não Disposta a Se Arrepender da Sua Fornicação
No versículo 21, o Senhor Jesus disse: “dei-lhe tempo para que se arrependesse; ela, todavia não quer arrepender-se da sua prostituição.” A história prova que isso é verdade com respeito à igreja apóstata. Mesmo até o dia de hoje, ela não se arrepende dos seus feitos malignos.

A - Doente no Leito
O Senhor também disse: “Eis que a prostro de cama”. Uma cama normalmente é usada para dormir e descansar, e, de maneira anormal, para doença. O Senhor mostra aqui que a Igreja apóstata está doente de modo incurável e permanecerá assim até o seu julgamento final. Os atos malignos de Jezabel fizeram-na adoecer; ela não está nem um pouco saudável. Toda a igreja apóstata está numa condição doente. Olhe para a sua situação: algumas coisas são celestiais outras são terrenas; algumas coisas são de Deus e mais coisas são de Satanás; algumas coisas são santas e outras são seculares, comuns e mundanas. Esse fermento [espalhou-se por todo o “cristianismo”].  Jezabel é demoníaca, satânica, diabólica e atém mesmo infernal. Não é algo insignificante para nós termos os olhos abertos para ver as coisas demoníacas e diabólicas na igreja desviada. Simplesmente não conseguimos imaginar quão deplorável é essa igreja apóstata.

B -  Os Seus Amantes Sofrendo Grande Tribulação
No versículo 22, o Senhor não apenas disse que Ele lançaria Jezabel numa cama, mas também "como em grande tribulação os que com ela adulteram, caso não se arrependam das obras que ela incita". A grande tribulação aqui é diferente da de Apocalipse 7:14 e da grande tribulação que Mateus 24:21 sofre ao longo de séculos de perseguição. Aquela de Mateus 24:21 é a grande tribulação dos últimos três anos e meio da era, a qual cairá sobre todos os habitantes da terra. Mas a grande tribulação aqui é a aflição que o Senhor fará a igreja apóstata sofrer, provavelmente mediante os ataques do anticristo sobre ela, no fim desta era.

C - Os Seus Filhos Sendo Mortos com a Morte
No versículo 23, o Senhor disse: "matarei os seus filhos". Isso pode se referir à destruição da igreja degradada por Deus por intermédio do anticristo e seus seguidores no final desta era. Se lermos Apocalipse cuidadosamente, veremos que no final desta era o anticristo causará danos à igreja apóstata . Ele rebelar-se-á contra toda religião, levantar-se-á como Deus (2 Ts 2:4), proibirá os judeus e os [cristãos] de adorarem o seu Deus e obrigará as pessoas a adorá-lo. Naquela época, ele perseguirá os judeus e matará muitos dos que estão na Igreja desviada.

IV. AS COISAS PROFUNDAS DE SATANÁS [E O SEU TRONO]
O versículo 24 diz: "Digo, todavia, a vós outros, os demais de Tiatira, a tantos quantos não têm essa doutrina e que não conheceram, como lhes dizem, as coisas profundas de Satanás: Outra carga não jogarei sobre vós. "Coisas Profundas" significam profundezas, como em Efésios 3:18. Figurativamente , denota coisas misteriosas. A Igreja degradada tem muitos mistérios ou doutrinas profundas. Contra a igreja sofredora havia a sinagoga de Satanás (2:9); com a igreja mundana havia o torno de Satanás (2:13); e dentro da religião da sinagoga, o mundo sob o trono de Satanás e a filosofia dos mistérios satânicos são todos usados por satanás para danificar e corromper a igreja.
Vimos que a igreja sofreu perseguições da sinagoga de Satanás e que, por fim, ela tornou-se mundana, habitando no lugar onde Satanás habita e onde está o seu trono. Tudo isso é a sutileza do inimigo. Tudo isso origina-se com Satanás. Mas, aqui, na quarta igreja, há algo mais sério do que isso. Não é meramente uma questão da sinagoga de Satanás, o lugar onde Satanás habita ou onde está o seu trono. Agora Satanás entrou na igreja e saturou-a dele mesmo.
Na igreja apóstata estão, as coisas profundas de Satanás, os seus ensinamentos misteriosos. Essa é a filosofia satânica. A igreja apóstata realmente ensina os mistérios satânicos. Isso mostra que o pensamento profundo de Satanás, o seu conceito, saturou a igreja apóstata. Por fim, essa igreja torna-se a corporificação de Satanás. Cristo habita [abertamente] na igreja, mas Satanás habita na igreja apóstata de uma maneira sutil. Satanás sempre age de uma maneira sutil. Quando ele veio pela primeira vez até o homem, veio na forma de uma bonita serpente. Mas aquilo não era meramente uma serpente - era Satanás. Satanás sempre toma uma boa forma. Ninguém poderia imaginar que Satanás poderia usar a 'igreja" como a sua forma. Mas na epístola à igreja em Tiatira, vemos que essa é a verdadeira situação do “cristianismo” de hoje. O cristianismo tornou-se [um sistema religioso], órgão de Satanás. Embora ele tenha em si o nome de Cristo, na verdade dentro dele está o próprio Satanás. Todos nós precisamos ver isso.
As coisas profundas de Satanás, sendo a filosofia satânica, são sutis. Na igreja apóstata há muitos assim chamados mistérios. Todos os mistérios ensinados por essa igreja maligna são filosofias satânicas. Uma das suas filosofias é que se você não adicionar coisas às verdades da Bíblia, será difícil para as pessoas aceitá-las. O Senhor, sendo sábio, comparou isso ao fermento colocado na flor de farinha que torna o pão fácil de comer. (...) Isso é sutil e maligno.
Se você pensa que é muito forte dizer que essa mulher maligna é a corporificação de Satanás, gostaria de lhe pedir para ponderar sobre Apocalipse 17:4 e 5. O versículo 4 diz: Achava-se a mulher vestida de púrpura e de escarlata, adornada de ouro, de pedras preciosas e de pérolas, tendo na mão um cálice de ouro transbordante de abominações e com as imundícias da sua prostituição." Essa mulher maligna tem uma boa aparência: ela está adornada de ouro, de pedras preciosas e de pérolas, os mesmos materiais com os quais a Nova Jerusalém está solidamente edificada com esses três materiais preciosos, essa mulher maligna está simplesmente adornada como eles. Estar adornado significa usar uma fachada, ser superficialmente atraente, ter uma aparência agradável ou vistosa que oculta alguma coisa maligna.
A sua aparência é atraente exteriormente, mas interiormente ela é detestável. Essa mulher também tem um cálice de ouro cheio de abominações aos e imundícias da sua prostituição. Em tipologia, o ouro represente a natureza divina. Aparentemente essa mulher maligna sustém alguma coisa de Deus, mas na verdade, interiormente ela está cheia de abominações. Na Bíblia, abominações denota principalmente duas coisas - idolatria e fornicação Essas duas coisas são abominações aos olhos de Deus. Aparentemente, essa mulher é bem atraente, estando adornada de ouro, de pérolas e de pedras preciosas, e segurando um cálice de ouro. Se você não tiver discernimento, será enganado por ela. Mas precisamos ter discernimento para ver o que está por trás dela. Quando vemos o que é essa mulher interiormente, percebemos que ela está cheia de abominações e impurezas.
O versículo 5 diz: "Na sua fronte achava-se escrito um nome, MISTÉRIO: BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA". O Senhor perscruta o coração das pessoas e conhece o que está dentro delas. Ele tem discernimento para ver o que há dentro dessa mulher maligna. O Senhor a chama de "A mãe das meretrizes", querendo dizer que ela é a fonte de toda a fornicação espiritual. Portanto, está certo dizer que ela é a corporificação de Satanás. Precisamos de discernimento para ver o que está por trás da sua aparência exterior. Por isso temos a espada afiada de dois gumes, a palavra da Bíblia Sagrada.
Agradecemos ao Senhor pela Sua graça soberana. Por ser a Sua graça soberana, Ele pode nos salvar em qualquer ambiente. Muitos foram salvos inclusive no ambiente maligno da igreja apóstata. Ninguém pode dizer que a Igreja degradada não prega a Bíblia. Na China, muitos chineses pagãos conheceram o nome de Deus, nome de Jesus e alguns versículos da Bíblia por meio dos ensinamentos da igreja degradada. A coisa maligna, entretanto, é essa: após as pessoas serem ajudadas por essa igreja apostata, elas são embaraçadas em prosseguirem a conhecer o Senhor de uma maneira genuína. Alguns que, por meio da graça soberana do Senhor, foram salvos quando estavam na igreja apóstata, espontaneamente amaram aquela coisa maligna. Muitos deles diriam: "Se isso é maligno, então como eu pude ter sido salvo por intermédio disso?" Assim, embora muitos antigos [cristãos participantes do sistema religioso] tenham vindo para a igreja [normal], no profundo de seu interior, alguns deles ainda poderiam solidariarizar-se com essa mulher maligna. Eles não odeiam como o Senhor a odeia. Leia a epístola a Tiatira novamente. O Senhor não tem qualquer condescendência com Jezabel porque aquela mulher maligna foi totalmente saturada de Satanás, o maligno. Satanás está em cada fibra daquela mulher perversa.
Não devemos ter nada a ver com essa igreja [mundana], apóstata [e sistematizada]. Ela não é o Corpo de Cristo. Ela não é a igreja de Deus, ela é a corporificação de Satanás. É sutil e maligna. Se você quiser ver ainda mais sobre a igreja apóstata, leia [a Bíblia]. Todo aquele que tem um coração pelo Senhor e pela [igreja] deve conhecer por completo essa igreja apóstata. Visto que a conhecemos, não devemos precisar nada relacionado com ela; pelo contrário, devemos declarar que ela é a grande prostituta, a grande Babilônia e que devemos fugir dela.
Como veremos, o livro de Apocalipse mostra que essa grande prostituta tem algumas filhas. Devemos ser completamente iluminados sobre a igreja apóstata. Uma vez que sejamos iluminados, saberemos onde devemos estar. Estamos na [igreja] do Senhor. Estamos no Corpo de Cristo, a igreja de Deus, e nada temos a ver com Jezabel, mulher maligna, a prostituta, a grande Babilônia e não temos nada a ver com as suas filhas.
Nessa epístola, o Senhor mostra que Ele julgará Jezabel. Em 17:16, é-nos dito que durante a grande tribulação, o Senhor permitirá que o anticristo mate e danifique essa igreja apóstata. Naquela época, a Babilônia religiosa será demolida. Mas, antes dessa época, essa igreja apóstata continuará de acordo com a profecia. O versículo 25 indica que a igreja apóstata continuará de acordo com a profecia. O versículo 25 indica que a Igreja [degradada, mundana e] apóstata permanecerá até que o Senhor volte.

V. OS VENCEDORES - O RESTANTE DE TIATIRA
No versículo 26, o Senhor diz: "Ao vencedor, e ao que guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei autoridade sobre as nações". Vencer aqui significa vencer o [sistema religioso]. Os vencedores, o restante de Tiatira, não têm o ensinamento de Jezabel (v. 24), não conheceram as coisas profundas de Satanás, apegaram-se ao testemunho do Senhor até que Ele volte (v. 25) e guardarem as Suas obras até o fim (v. 26). "Minhas obras" no versículo 26 refere-se às coisas que o Senhor cumpriu e está fazendo, tais como a Sua crucificação, ressurreição, intercessão, etc, em contraste com as obras da igreja apóstata sob a influência de Satanás.

VI. A PROMESSA PARA O VENCEDOR
A- Receber Autoridade Sobre as Nações
No versículo 26, o Senhor diz que, àquele que vencer, Ele dará autoridade sobre as nações. Isso é um prêmio para os vencedores: reinar com Cristo sobre as nações no reino milenar (20:4,6). Essa promessa do Senhor categoricamente implica que aqueles que não responderam ao Seu chamado para vencer o cristianismo degradado, não participarão no governo do reino milenar.

B. Para Pastorear as Nações com uma Vara de Ferro, como o Senhor Recebeu do Pai
Nos versículos 27 e 28b, o Senhor diz, falando ao vencedor: "E com cetro de ferro as regerá, e as reduzirá a pedaços como se fossem objetos de barro; assim como também eu recebi de meu Pai". No reino milenar, aquele que reina é um pastor. No salmo 2:9, Deus deu a Cristo a mesma autoridade e aos Seus vencedores.

C. Ter a Estrela da Manhã
Finalmente, no versículo 28, o Senhor dá uma promessa par ao vencedor, dizendo: "Dar-lhe-ei ainda a estrela da manhã". Na primeira aparição de Cristo, os magos e não os religiosos judeus, viram a Sua estrela (Mt 2:2, 9-10). Na Sua segunda aparição, Ele será a estrela da manhã para os Seus vencedores, os quais velam pela Sua vinda. Para todos os outros. Ele aparecerá apenas como o sol (Mt 4:2).

VII. O FALAR DO ESPÍRITO
Outra vez, no versículo 29, o Senhor diz: ""Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas." Todos aqueles na igreja apóstata, a qual exige que as pessoas ouçam antes a ela do que a Deus, precisam mais do falar do Espírito. Se alguém ouvir o falar do Espírito, ouvirá a palavra viva do Senhor para negar todos os itens apóstatas ensinados pela igreja apóstata e tornar-se-á um vencedor para a satisfação do Senhor.
No fim de cada uma das três primeiras epístolas, ouvidos para ouvir são mencionados primeiro, e então há o chamamento para vencer. No fim de cada uma das quatro últimas epístolas, a ordem é invertida. Isso prova que as três primeiras das sete igrejas formam o grupo e as quatro últimas formam outro. O número sete na Bíblia é composto de seis mais um - tal como seis dias mais um dia equivalem a uma semana - ou de três mais quatro, como nesses dois capítulos, onde as sete igrejas são divididas num grupo de três e noutro de quatro. Seis mais um está na criação de Deus, passo que três mais quatro está na nova criação de Deus: a igreja. Visto que todas as coisas foram criadas em seis dias, o número seis representa a criação, o homem em especial, o qual foi criado no sexto dia; e visto que o sétimo dia foi a conclusão dos seis dias como o dia do descanso de Deus, o número um simboliza o Criador único. Portanto, seis mais um significa que todas as coisas foram criadas para Deus para o cumprimento do Seu propósito. O Criador único. Deus, é triúno, como é simbolizado pelo número três. Visto que a criação e representada diante de deus por quatro seres viventes ( 4:6-9), o número quatro representa as criaturas, principalmente o homem. Portanto, três mais quatro, significa que Deus é adicionado à Sua criatura, o homem, e assim, o Seu propósito está sendo cumprido. A igreja não é somente a criatura, mas a criatura com o Criador, o Deus Triúno, dispensado para dentro dela. Ela é o verdadeiro número sete: o verdadeiro três, o Deus Triúno, adicionado ao verdadeiro quatro, o homem criado. Por isso, o número sete denota a completação no mover de Deus, primeiramente na velha criação, e, então, na nova criação, a igreja.

Texto-base: Estudo-Vida de Apocalipse - W. Lee - Mens. 13 “A igreja em Tiatira”,

 OBS:


  • Nesta série de postagens iremos tentar identificar a condição do alimento espiritual que temos recebido. nossa comida espiritual influencia diretamente a condição do nosso coração, portanto, se nos alimentamos de Cristo, nosso coração estará cheio das Suas riquezas, mas se ao puro leite espiritual forem misturadas outras coisas nosso coração não será puro, perderemos a visão de Deus (Mt 5:8), não amadureceremos para podermos comer alimento mais sólido (1 Co 3:2, Hb 5:12) e não teremos experiências verdadeiras e reais com a palavra da justiça (Hb 5:13).
  • Nossa intenção (ao contrário do texto original) não é expor nenhum grupo cristão em específico e sim buscar mais clareza diante da luz da Palavra a respeito de como está a situação espiritual e o testemunho a igreja onde nos reunimos e, o mais importante, como está o nosso coração. Que o Senhor derrame sobre nós o Seu precioso sangue e, pelo Santo Espírito, abra nossos olhos espirituais para que possamos ver como Ele vê, sentir como Ele sente e pensar com a Sua mente.
  • Acreditamos que, apesar das fortes palavras usadas pelo irmão W. Lee, os desvios apresentados neste estudo podem nos ajudar a compreender o que pode ocorrer em qualquer grupo cristão, inclusive nos grupos que se autodenominam “a restauração do Senhor”. Cremos fortemente no Senhor que, com Sua misericórdia e sobre os ombros dos irmãos que vieram antes de nós, poderemos reconhecer e discernir os atuais desvios e apostasias para que não venhamos a ser desclassificados e percamos a nossa coroa.

Um comentário:

  1. Conheço muitos grupos onde a Jezabel é um homem que ao assumir a liderança da igreja, seduz os santos e fazendo quase toda a assembléia obedecer mais a ele do que a Cristo. É INCRÍVEL como estes líderes conseguem transformar o seu grupo numa grande Jezabel.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário:

Facebook